Foto: Getty Images

O MMA brasileiro entrou para a história do esporte na noite deste sábado (3) com mais uma importante conquista. O país dos campeões do UFC (Ultimate Fighting Championship) Anderson Silva, José Aldo e Júnior Cigano agora também tem o campeão do TUF, o reality show do evento americano. Com uma finalização no primeiro round, o manauara Diego Brandão, de 24 anos, faturou o título da edição 14 do TUF, com atletas do peso pena.

Na disputa pelo título do programa, no hotel The Palms, em Las Vegas (EUA), o brasileiro enfrentou o americano Dennis Bermudez. Fã de Wanderlei Silva, Brandão entrou com a tradicional música que ficou famosa antes dos combates do “Cachorro Louco” no Pride e no próprio UFC.

A luta começou equilibrada, até Brandão acertar um soco de direita no adversário, que caiu, mas logo conseguiu se recuperar. Após os primeiros três minutos de combate foi a vez de Bermudez devolver a forte direita e mandar o brasileiro para o chão. Na tentativa de terminar a luta, o americano se descuidou, deixando o braço livre e Brandão, um faixa preta de jiu-jítsu, não perdeu a chance de finalizá-lo, nos segundos finais do primeiro e único assalto.

Leia também:  Tremor causa rachadura em residências e deixa mineiros apavorados

Além do título do TUF 14, Diego Brandão teve a sua vitória eleita como a melhor da noite, com direito a melhor nocaute (apesar de ter sido uma finalização), levando um bônus duplo de R$ 71,4 mil (US$ 40 mil) para casa. Ficou mais fácil dar a tão sonhada casa que ele prometeu à sua mãe, tida como sua maior fonte de inspiração. Foi o que ele prometeu há oito anos atrás, quando perdeu o pai.

– Isso (a vitória) é para o meu pai, que está olhando por mim agora. Agora poderei comprar uma casa para minha mãe no Brasil.

Lutando pelo time do britânico Michael Bisping no reality, Brandão atropelou Jesse Newell, Steven Siler e Bryan Caraway antes de chegar à final, terminando todas as lutas com nocautes no primeiro round. Agora ele possui um cartel de 14 vitórias e sete derrotas em 21 lutas. Sobre a vitória, ele foi breve e direto.

Leia também:  Fies oferece 75 mil vagas para segundo semestre e inscrições seguem até sexta-feira

– Sabia que ele ia continuar dando socos (quando caí no chão). Esperei pelo braço (e finalizei).

Diego Brandão agora é oficialmente lutador do UFC e pode, no futuro, ser um desafiante ao brasileiro e conterrâneo José Aldo, campeão dos penas. Por ora, ele só pensa em curtir a família após o triunfo.

– Só penso em ajudar minha mãe e família a ter uma vida melhor. Eu sabia que essa era minha o tempo, minha oportunidade de mostrar ao mundo quem eu sou. Por isso foi fácil (ficar seis semanas, tempo de duração do programa, longe de casa), porque eu estive longe da minha família por três anos.

Leia também:  Micro-ônibus com pacientes capota ao bater em cavalos e deixa dezenas de feridos

Anteriormente, o Brasil esteve perto de ganhar o TUF. Na oitava edição do reality, o brasileiro Vinícius Magalhães chegou à final dos meio-pesados, mas acabou nocauteado pelo americano Ryan Bader.

Em 2012 os organizadores do UFC prometem a primeira edição do TUF fora dos Estados Unidos, com a edição brasileira do reality show.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.