Cerca de 30 rapazes, na maioria universitário, formaram uma equipe de um esporte nada convencional no Brasil, um time de futebol americano. Há aproximadamente seis meses realizam treinos e agora desejam participar de amistosos para representar o município em torneios.

A idéia de surgiu com os programas de televisão onde os telespectadores são esclarecidos sobre as regras dos jogos, explicou Sergio Luis de Almeida, coordenador de ataque do grupo. O projeto ganhou o apoio do ex-jogador do Cuiabá Arsenal, Hudson Guasti, e de Lucas Câmara Martins que jogava na cidade de Vila Velha, no Espírito Santo. Os dois atuam como técnicos do time que treina aos domingos, no campo de futebol do bairro Coophalis.

Leia também:  No fim de semana tem Festival Esportivo no Parque das Águas

“A equipe está se solidificando bem e temos planos de participar de amistosos e quem sabe representar o município em competições . Temos treinado bastante, apesar da falta de equipamentos, e novos adeptos tem surgido para contribuir com crescimento do grupo”, explicou Sergio Luis.

A secretária de Esporte, Cultura e Lazer, Susan Meire Moretti Binha,argumentou que Rondonópolis tem potencial para abrigar vários estilos esportivos e não somente o futebol, que é tradição no país. “Devemos incentivar outras modalidades esportivas, pois temos muitas pessoas com potencial em Rondonópolis para representar a cidade em competições, como ocorreu nos jogos estudantis, e quem garante que não sejamos referencial no Estado com o futebol americano”, argumentou Susan que destacou a existência de dois times no Estado e o crescimento da modalidade no país.

Leia também:  Empresário expande comércio em Rondonópolis

Os treinos ocorrem nas quintas-feiras e domingos na quadra do bairro Coophalis e é aberto a  toda população para conhecer o esporte

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.