Foto: Internet

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Rondonópolis (Sispmur) informou que alguns servidores que fizeram empréstimo consignado com desconto na folha de pagamento estão com o nome restrito no Serasa porque a prefeitura de Rondonópolis não teria repassado o pagamento referente a outubro, valor que já foi descontado dos funcionários.

O presidente do Sispmur, Rubens Paulo, afirmou que alguns servidores receberam em suas residências cartas da agência bancária dizendo que eles estão com o pagamento em atraso. “Outros servidores foram surpreendidos no momento da compra a prazo, onde não conseguiram efetuar a compra porque estariam com restrição no nome”, fala.

Segundo Rubens a reclamação de alguns servidores é também em relação aos juros que estão sendo descontados da conta corrente devido ao atraso da prefeitura para repassar o valor que foi descontado. “Os servidores estão pagando por algo que eles não têm culpa. Se a prefeitura não regularizar essa situação o mais rápido possível, vamos entrar com os recursos cabíveis”, diz.

Leia também:  Prefeitura conquista área de escola e negocia outras duas para creche e espaço de lazer

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.