O 18º GAC (Grupo de Artilharia de Campanha) se despediu de 75 soldados e cabos que concluíram o serviço militar. A formação corresponde a partes do ingresso dos 178 conscritos que do ano de 2011, sendo este o 1º agrupamento, as demais turma devem se desligar até o mês de março quando novos rapazes irão prestar o serviço militar.

O tenente coronel, Halley de Faria Oliveira, frisou que o exercito é uma escola de cidadania e civismo, além de oferecer maior preparo para disputar o mercado de trabalho e a vida. “As pessoas que prestam serviço militar recebem uma descarga cultural, com valores de lealdade, camaradagem, e acima de tudo amor à pátria. Acredito que o exercito ajuda a serem cidadãos melhores”.

Leia também:  Deputado busca solução para garantir curso de direito na Unemat

Renan de Albuquerque Braz, que prestou serviço na bateria de comando, disse que a experiência durante os nove meses que esteve no 18º GAC, foi muito positiva e ao contrário do que algumas pessoas relatam não é perda de tempo. “Foi um período muito bom, aprendi a ser mais disciplinado e fiz muitas amizades”, afirmo o soldado que concluiu o serviço militar com diploma de honra ao mérito pelo trabalho desenvolvido no exército.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.