Caros Amigos,

Antes de tudo, gostaria de agradecer imensamente a acolhida recebida em Rondonópolis, em 2001 e, anova acolhida, no retorno em 2009. Senti-me em casa desde que pela primeira vez cheguei. Fiz muitos AMIGOS e, talvez, alguns desafetos, que não compreenderam meu jeito e modo de trabalho. Sempre tive como prioridade, “cuidar” daqueles a quem atendi como Profissional, colocando em prática tudo que aprendi na Faculdade de Medicina. Perfeccionista como sempre fui, e continuo sendo, talvez tenha exigido mais do que alguns poderiam ter dado enquanto profissionais.

Espero que tenha deixado alguma “sementinha” do meu profissionalismo, para os meus pacientes, a quem sempre tive o maior carinho em atender. Sei que o meu jeito sério de ensinar e explicar a todos, tudo que fazia parte da minha profissão, nem sempre foi recebido de bom grado, pois alguns diziam “a Doutora é grossa”! SEMPRE fui VERDADEIRA e SINCERA no meu trabalho. Estes talvez sejam os motivos pelos quais, muitos se tornaram adversários no trabalho. Mas, apesar dos pesares, o meu coração não ficou amargurado pela incompreensão de alguns companheiros de trabalho e, apesar da distância ainda os quero bem, embora talvez não tenha sido compreendida.

Leia também:  Redução de mama: com ou sem prótese de silicone?

Aqueles a quem me tinham apreço, peço desculpas pelo meu coração ter falado mais alto e ter me feito “retornar para casa” (Rio de Janeiro), onde estou ao lado dos entes queridos (pai, filhos, irmã, sobrinho, primos(as) e tios (as).

Gostaria de aproveitar e desejar à todos um Feliz 2012.

Doutora Rossana Cupello

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.