No Brasil o serviço de TV por assinatura cresceu 30,45% em 2011, de acordo com dados divulgados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Em Rondonópolis as empresas do ramo estão comemorando o crescimento, no ano passado a procura aumentou em cerca de 50%.

A auxiliar administrativo de uma empresa de TV por assinatura, Camila Amaral Queiroz, explicou que o crescimento vem acontecendo gradativamente durante todos os meses. “Em dezembro fizemos 105 novas assinaturas e a tendência para 2012 é que esses números continuem crescendo”, fala.

Para Camila o aumento é devido às facilidades do mercado e também a busca por qualidade. “Os preços estão bem menores do que os encontrados antigamente, hoje os pacotes são vendidos a partir de R$ 39,90, um preço que cabe no bolso do trabalhador”, conta.

Leia também:  Loteamento Melchiades Figueiredo beneficiará 1500 famílias rondonopolitanas

Outro ponto levantado pela auxiliar é de que as pessoas estão investindo no conforto dentro de casa buscando por qualidade de imagens. “O sinal exibido pelas TVs locais ainda são analógicos, diferente do sinal de uma TV por assinatura que já é digital, podendo oferecer um imagem mais nítida e com mais opções de canais”, alega.

Segundo Camila o pacote básico é o mais procurado pelos rondonopolitanos que é oferecido 80 canais por apenas R$ 39,90. A auxiliar explica que para quem deseja ter uma programação mais completa o valor da assinatura pode chegar até R$ 250.
Em todo o país somam 21,2% dos domicílios do País que contam com o serviço de TV paga. No Mato Grosso o crescimento ficou acima do nacional com o aumento de 58%, passou de 66.325 em 2010 para 105.299 assinantes em 2011.

Leia também:  BNDES abre linha de crédito para pequenas empresas atuarem na China
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.