Peixes apreendidos com Luiz Carlos e um índio no Rio Berigue. Foto: Ronaldo Teixeira/AGORA MT

No início da tarde desta quarta-feira (11/01), Luiz Carlos Ramom Rodrigues Sobrinho, foi encontrado novamente pela Polícia Ambiental com peixes em período proibitivo.

Os policiais encontraram o rapaz na companhia de um índio no Rio Berigue e possuíam dois peixes, um Pintado e um Jau que estava sem a cabeça, e juntos pesam 33kg. De acordo como 2º sargento Alex Kiszewski o reincidente justificou que estava de carona com o índio e não era proprietário do pescado.

Na apreensão anterior, do dia 03 de janeiro, o pescador argumentou que os peixes, mais de 200kg, pertenciam aos índios e foi contratado para realizar apenas o serviço de limpeza e resfriamento do pescado.

Foi lavrado boletim de ocorrências e o pescador Luiz Carlos será entregue as autoridades competentes.

Leia também:  2ª corrida da lua cheia acontece no próximo sábado em Rondonópolis

Piracema

A apreensão do pescado irregular faz parte da fiscalização da Polícia Militar Ambiental no período proibitivo da Piracema, que compreende até o dia 28 de fevereiro de 2012.

Para denúncias de irregularidades e crimes ambientais, ligue: 0800-65-3838 (Ouvidoria/Sema), você não precisa se identificar. Denuncias também podem ser feitas por meio do portal do órgão.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.