A Polícia Militar registrou nesta segunda-feira (02/01) dois casos em que as vítimas foram agredidas pelos próprios irmãos.

O primeiro caso foi às 14h45, onde a estudante C.A.L. (18) foi agredida pelo frentista D.A.A.L. (20) no bairro Jardim Paulista. A vítima disse a Polícia Militar que o irmão tinha tentado enforcar ela e depois a jogou no chão. A estudante relatou que já houve outras vezes que foi agredida pelo frentista.

A PM foi até o local, contudo a mãe da estudante e do frentista não permitiu que a guarnição entrasse na residência. Mas os policiais entraram com o consentimento da estudante.

A vítima e o agressor foram encaminhados para o Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc) para prestar esclarecimentos. C.A.L. resolveu não denunciar o irmão que foi liberado em seguida.

Leia também:  Barra do Garças | Integrantes de quadrilha especializada em furtos de gado são presos

O segundo caso foi a noite, às 23h30, no Jardim Ana Carla I, onde a dona de casa K.A.S. foi agredida pelo irmão A.T.S.M..

A vítima está grávida e informou a Polícia Militar que A.T.S.M. a agrediu com socos e pontapés. Logo em seguida, o suspeito pegou a motocicleta de K.A.S. e fugiu tomando rumo ignorado.

A PM fez rondas pelo local para localizar o suspeito, mas ele não foi encontrado. Já a dona de casa K.A.S. foi até o Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc) para registro do BO.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.