A Comissão que representa oito bairros que ficam na região do Córrego do Canivete protocolou hoje (27/01) um pedido de intervenção do Ministério Público em relação às obras de canalização que não foram realizadas no local. Na semana passada, os moradores fizeram uma manifestação cobrindo a placa de lançamento das obras com um tecido preto, simbolizando luto.

O membro da comissão, Mauro César Campos, afirmou que já buscaram alternativas, mas que nada foi resolvido. “Essa é a última esperança para ver se o caso é resolvido. Enquanto isso quem sofre são as pessoas que residem próximo ao local”, fala.

Mauro contou que a Comissão conseguiu o apoio de entidades da cidade, inclusive do Conselho Distrital da Vila Operária representada pelo Padre Lothar. Segundo outro membro da Comissão, Nilza Siqueira, a placa continua coberta e que vai permanecer assim até que se tenha resolvido à situação.

Leia também:  Verba da merenda será complementada e materiais estão disponíveis no Almoxarifado da Educação
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.