Os moradores da região do Córrego Canivete fizeram uma manifestação para chamar atenção dos políticos para as obras de canalização que não aconteceram no local. A placa de lançamento das obras que foi inaugurada em 31 de março de 2009, na gestão do ex-governador do estado Blairo Maggi, foi coberta com um tecido preto em forma de luto das obras que nunca aconteceram.

A dona de casa, Izabel Rodrigues de Campos, que mora no local conta que a festa de inauguração foi um sucesso e que até as máquinas que fariam parte das obras foram expostas aos moradores. “Armaram um circo aqui, onde as autoridades tomavam conta do picadeiro, mas nós que éramos os palhaços da história. Depois de três anos, as máquinas que eram para ter começado o serviço no dia seguinte, nunca mais apareceram”, diz.

Leia também:  Desfiles das escolas municipais marcam a Semana da Pátria

Izabel conta que a situação do local vem piorando a cada dia. “Quando chove água do córrego inunda até as nossas casas, sem contar o lixo e os mosquitos que são constantes na região”, fala. A presidente do Jardim Kennedy, Maria de Souza, conta que a obra estava avaliada em mais de 16 milhões e que a grande preocupação agora é que com o passar dos anos a empresa que faria a canalização afirma que o recurso não é mais suficiente.

“Agora estamos nesse embate, à empresa fala que o dinheiro destinado não é suficiente para realizar as obras e o governo ameaça cancelar o contrato da empresa por ela não dar início a canalização. Se perdermos esse recurso a nossa região vai continuar abandonada”, desabafa.
Maria conta que uma comissão formada por líderes de oito bairros que compreendem a região do córrego estão lutando para que faça valer a promessa feita pelos políticos há três anos e que cansados da situação decidiram entrar em luto. “Se tornou um sonho dos moradores, mas está morrendo devido ao descaso”, alega.

Leia também:  CDL Rondonópolis realiza sorteio dos prêmios do Liquidaqui 2017

Os moradores querem o apoio dos deputados da região para que obra não fique apenas na inauguração de uma placa. A comissão de moradores informou que na semana que vem vai protocolar um pedido junto ao Ministério Público para que haja a solução do caso.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.