A vendedora Zilda Aparecida Soares de Oliveira Souza (33) foi agredida e abandonada pelo marido, o também vendedor Valdivino Pereira de Souza (34) na manhã desta quinta-feira (05/01), às 5h no bairro Vila Aurora. A vítima contou a Polícia Militar que a agressão foi resultado de uma discussão que teve com o marido dentro do carro do casal.
Zilda Aparecida disse a Polícia Militar que depois da discussão o marido começou a agredi-la com socos e depois bateu a cabeça dela contra o volante do carro. A vendedora afirmou que Valdivino pensou que a mulher estava morta e então jogou a vítima desmaiada no meio da rua e saiu em seguida. Zilda falou que foi atendida e levada para o Pronto Socorro.

Leia também:  Cavalo doido | Quadrilha é detida com mais de 500 kg de droga dentro de veículo

A vítima sofreu lesões no rosto e na cabeça e ficou com escoriações pelo corpo. Ela relatou também que depois que o marido a jogou do carro ele ligou para o irmão e disse o que fez.

A própria vítima Zilda Aparecida chamou a PM que foi até a casa da vendedora onde prestou esclarecimentos, devido aos machucados, ela precisou da ajuda de outras pessoas para se locomover. O Boletim de Ocorrência  foi registrado no Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc) para que se tomem as devidas providências. Ainda foi requisitado o exame de corpo delito da vendedora

A PM também registrou mais três casos de tentativa de homicídio nesta quinta-feira nos bairros Padre Lothar II, no Jardim Sumaré e no Parque Universitário. Nesses três casos as vítimas levaram facadas dos suspeitos.

Leia também:  Rondonópolis terá 'Festival Estudantil de Teatro' nesta quinta e sexta-feira
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.