Assinatura do decreto para criação do Distrito de Vila Operária. Foto da assessoria

O decreto 6.451 de 2 janeiro para aprovação do novo Distrito Industrial da Vila Operária foi assinado na manhã desta quinta-feira (12/01) pelo prefeito José Carlos do Pátio. O distrito Anézio Pereira de Oliveira, em homenagem ao pai do vereador Lourisvaldo Manoel de Oliveira – Fulô, tem uma área de tem 48 hectares com projeção inicial de 142 lotes e um cadastramento já confirmado de 40 empresas.

O prefeito lembra que o investimento vem junto a uma série de novidades que a prefeitura apresenta para a Vila Operária em 2012, dentre eles a instalação do Centro de Formação Continuada de Professores – Cefapro, que nos próximos dias já entra em licitação, e a própria restauração de infraestrutura do bairro.

Leia também:  "Derramo meu sangue por um companheiro" diz deputado após fazer tatuagem com nome de Temer

Além dos investimentos para o presente e o futuro, a Vila Operária já foi alvo de recursos municipais e de convênios firmados pela atual gestão com a instalação de pavimentação em bairros como Padre Rodolfo, Dom Osório, Marajó, parte do Sumaré, Vila Verde, Tropical, Liberdade e outros. Quanto ao novo distrito a novidade que se acordou com as empresas atendidas, dentre elas a Cerâmica Brasil Terracota, foi a consciência ambiental dos meios de produção. A Cerâmica concordou não utilizar o modelo de queima de carvão em caldeiras e sim o sustentável método de queima de palha de arroz. Além disso, as empresas se comprometeram com a proteção das nascentes próximas na região, na saída para Poxoréu pela rodovia MT 130.

Leia também:  Acontece em Rondonópolis o 2º Encontro de Gestão de Cozinhas
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.