Foto da assessoria - Matusalem Teixeira

Pessoas exclusas do programa Minha Casa Minha Vida podem consegui subsídio do Governo Federal para aquisição da casa própria por meio do Programa de Carta de Crédito Associativo.

A gerente administrativa e de organização de Projetos da Secretaria de Infraestrutura, Urbanismo e Habitação, Rita de Cássia Podenciano de Souza, explica que as pessoas não se enquadram no programa destinado às famílias de baixa renda, que são avaliadas pelo número de filhos e idade, podem recebe um subsídio de até R$ 17 mil no programa Associativo.

Rita relatou que já foram abertas as inscrições para o residencial João Morais que possui 412 casas para pessoas que tem renda entre R$ 1.380 e R$ 4.200. A gerente relata que outro ponto positivo é a exigência de menos documentos comprobatórios para ser beneficiado no programa.

Leia também:  Nova etapa da Operação 'Bairro Seguro' conta com apoio do Exército

“É uma oportunidade para que pessoas solteiras ou que tem renda maior a requisitada no programa Minha Casa Minha Vida possam adquirir a casa própria e reduzir o déficit de habitação”, argumentou Rita. Segundo a gerente hoje o Departamento possui cerca de 15 mil famílias cadastradas para pleitear um casa pelo programa assistencial.

As inscrições do novo programa podem ser realizada diretamente no secretaria de habitação.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.