Sessenta e um municípios de Mato Grosso vão receber recursos adicionais para o combate à dengue este ano. O Ministério da Saúde divulgou uma lista com as cidades do estado que tiveram projetos aprovados e terão um adicional de 20% nos valores repassados regularmente. Por ano, esses 61 municípios recebem R$ 10,8 milhões do Fundo Nacional de Saúde e, em 2012, terão mais R$ 2,1 milhões para aplicar exclusivamente no combate à dengue.

Entre os maiores estão Cuiabá que ficará com R$ 845,2 mil; Várzea Grande com R$ 186,1 mil; Rondonópolis R$ 117,2 mil; Sinop com R$ 154,2 mil; e Tangará da Serra com R$ 47,5 mil. Para garantir os recursos, os gestores apresentaram, em dezembro, um plano de contingência ao Ministério da Saúde com metas de manutenção do número adequado de agentes de saúde, realização do levantamento da infestação de larvas do mosquito, além de adequar a rede de atenção primária para atender os casos.

Leia também:  Mais de 20 mil alunos voltam às aulas da rede municipal em Rondonópolis

O dinheiro deverá ser investido em ações para melhorar a prevenção e o controle da doença. “Os municípios selecionados assinam um termo de adesão. É um comprometimento, junto com o Ministério da Saúde, de ampliar as ações de combate ao mosquito transmissor, a vigilância dos casos e notificações e organização da assistência aos pacientes”, disse o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, por meio de nota à imprensa.

Casos de dengue

Mato Grosso registrou 10.088 notificações de dengue entre 1º de janeiro a 15 de dezembro de 2011, segundo um levantamento da Secretaria Estadual de Saúde. Desse total, 42 foram notificados como casos graves de dengue e seis mortes confirmadas. Já no ano anterior, o estado registrou 43.815 casos. Em um ano, o estado teve uma redução de 76,9 % de ocorrências da doença.

Leia também:  Ex-governador do Rio Grande do Sul visita Prefeitura

De acordo com a Secretaria de Saúde de Mato Grosso, somente Cuiabá teve 1.245 notificações de dengue, sendo 19 de casos graves. Em Várzea Grande, região metropolitana da capital, a notificação é de 360 casos da doença. Já em Sinop a notificação é de 2.107 casos e, em Rondonópolis, 303 casos.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.