A Comissão de Saúde da Câmara Municipal se reuniu na manhã desta quarta-feira (04/01) para buscar soluções junto a Secretaria de Estado de Saúde para reverter o quadro de paralisação dos médicos da Santa Casa.

O presidente da comissão, vereador Mohamed Zaher, entrou em contato com a Secretaria de Estado de Saúde e foi informado que o pagamento dos médicos já está empenhado e depende do resultado da reunião na Secretaria de Finanças para definir uma data para sanar o problema. “Fomos informado que o recurso para o pagamento já está empenhado, depende apenas da autorização do Governador Silval Barbosa para liberação da verba. Aguardamos uma resposta para negociar com os médicos e tentar a suspenção da paralisação”, afirmou Mohamed.

Leia também:  'Mega Feirão de Pisos' acontece no mês de dezembro em Rondonópolis

O vereador espera que até o final do dia tenha um posicionamento do Cuiabá para apresentar aos médicos que já estão com serviços suspensos, como por exemplo, as cirurgias eletivas e o setor de pediatria.

O vice-presidente da comissão, vereador Manoel da Silva Neto, relatou que os pagamentos do município estão em dias, o problema está no pagamento dos plantões, responsabilidade do Estado. “Não entendo o motivo do atraso no pagamento, pois é possível fazer uma previsão dos custos com os plantões e garantir o recurso para o pagamento dos médicos”, disse.

Manoel acredita que após o governo liberar o pagamento os médicos retomarão as atividades, evitando um caos ainda maior no setor da cidade.

Leia também:  Feira do Empreendedor dá espaço para campanha

Os médicos estão com três meses de pagamento atrasado. Os serviços de Urgência e Emergência serão mantidos pelos médicos da Santa Casa.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.