Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

Durante uma reunião realizada entre os diretores das escolas municipais o vereador Reginaldo Santos fez uma observação a gerente do Departamento de Recursos Humanos da Secretaria de Educação, Valdelice Oliveira, dizendo que a atitude de prorrogar o início das aulas foi exclusivamente do prefeito Zé Carlos do Pátio e que mesmo com tudo programado pela Secretária de Educação para que o ano letivo começasse em seis de fevereiro tiveram que acatar a decisão.

O vereador perguntou a Valdelice que apesar disso, a Secretaria está agindo como se não fosse isso estão montando um escuto para que nada ‘respingue’ em Pátio, mesmo sabendo que isso não é o correto e que não passa de uma estratégica política do prefeito que pode prejudicar a população. Valdelice respondeu em defesa de Pátio dizendo “Não posso agir contra ele, eu sou da gestão de Pátio, represento o prefeito na minha posição, aqui na secretaria eu sou o prefeito e ele é eu”, fala.

Leia também:  Cobrança antiga
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.