O empresário Vilmar Pimentel (PDT) pode ficar de fora do processo eleitoral de 2012, tudo porque Vilmar estaria com dupla filiação partidária uma no Partido Democrático Trabalhista (PDT) e outra no Partido Social Liberal (PSL).

Caso se confirme a dupla filiação e segundo a legislação eleitoral, Vilmar perderia as duas filiações e como o prazo para filiação de quem deseja ser candidato já se esgotou, o empresário não poderia ser candidato.

Vilmar é uma das apostas do PDT, para disputar uma vaga na Câmara Municipal, juntamente com o ex-vereador Aristóteles Cadidé, Josemar Ramiro e Jailton do Pesque Pague. O empresário já adiantou que vai recorrer da decisão  da Justiça Eleitoral, até a última instância, já que tem como provar que se desfilou do PSL ainda no começo da administração do prefeito José Carlos do Pátio (PMDB).

Leia também:  Ganhando 'presentes'
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.