O Projeto de Passe Livre implantado pelo prefeito Zé Carlos do Pátio, no segundo semestre de 2010, beneficiou 1.555 estudantes de baixa renda em Rondonópolis. Foram atendidos 270 alunos das diversas escolas públicas, em 2010, e outros 1.165 em 2011. Neste ano, 120 alunos já utilizam o passe livre e outros 113 aguardam aprovação do cadastro. São contemplados aqueles que moram a uma distância de pelo menos dois quilômetros da escola e com renda familiar de até um salário mínimo.

Os interessados em obter o passe livre devem fazer o cadastro junto ao departamento coordenado por Lourdes Dal Molin, localizado na rua Rio Branco, 406, na Vila Aurora. É necessário apresentar declaração de matrícula e de inexistência de vaga, caso resida a menos de dois quilômetros de outra instituição que ofereça o curso em que o aluno esteja inscrito, além de comprovante de endereço e de renda, cópia de certidão de nascimento do aluno e dos filhos ou irmãos em idade escolar.

Leia também:  Casario tem espetáculo de teatro neste domingo (16)

Lourdes Dal Molin alerta aos que moram em casa alugada que devem apresentar também uma cópia do contrato de aluguel ou o recibo de pagamento. As pessoas que moram em casas cedidas precisam fazer declaração de cedência de domicílio, com reconhecimento de firma em cartório. Quem que não possue renda deve fazer uma declaração neste sentido.

Os beneficiários do Programa Bolsa Família precisam apresentar uma fotocópia do cartão e do comprovante de recebimento da transferência de recursos. Alunos contemplados pelo Prouni estão livres da exigência de comprovar renda. Mas, devem apresentar atestado de recebimento da bolsa estudantil. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (66) 3422.8456.

Leia também:  Audiência Pública debate Justiça restaurativa em Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.