Com a oferta de R$ 5,817 milhões a empresa Engeglobal Construções Ltda foi a vencedora no processo licitatório da primeira fase das obras de ampliação do Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande. A abertura dos envelopes ocorreu nesta quinta-feira (17/02) e ficou a cargo da Comissão de Licitação da Secretaria de Estado das Cidades (Secid). A pasta ficará responsável por gerir as obras de reforma e ampliação do aeroporto.

A Engeglobal apresentou uma proposta de R$ 5.817.217,57, e a Construtora Gilbert Ltda, de Goânia, chegou ao valor de R$ 6.032.904,54. A vencedora, de acordo com Secid, além do melhor preço, atendeu a todos os pré-requisitos estipulados pelo edital. A próxima etapa será a adjudicação e homologação à proposta da Engeglobal, que será realizada pela Secretaria de Estado das Cidades.

Leia também:  Justiça bloqueia bens de prefeito de Paranatinga acusado de nepotismo

De acordo com a Infraero, a primeira etapa das obras compreende a construção do novo prédio administrativo da instituição. Já a demolição de edificações e infraestruturas, também inclusa na primeira fase, será feita para reforma e ampliação do terminal de passageiros do Aeroporto Marechal Rondon.

No Termo de Convênio firmado entre o Governo do Estado de Mato Grosso e a Infraero, em 27 de dezembro do ano passado, foram estabelecidas as atividades de cada órgão. Coube ao governo do Mato Grosso realizar a licitação e contratação das obras, além de participar também da fiscalização dos serviços. Enquanto os investimentos para realização das obras e a fiscalização dos serviços foi atribuído à Infraero.

Segunda fase das obras

Leia também:  Dupla é detida tentando jogar entorpecentes pelo muro da Mata Grande

Ainda para o mês de fevereiro está prevista a segunda etapa da segunda fase das obras definitivas, na qual outro Termo de Convênio entre o governo do estado e a Infraero deverá ser assinado para a reforma e ampliação do terminal de passageiros e estacionamento público e obras complementares.

As obras fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e deverão estar prontas até dezembro de 2013, com o custo total estimado em R$ 82 milhões. A meta é que, ao final da expansão, a área do terminal passe de 3.354m² para 7.740m², e a capacidade aumente de 1,9 milhão para 5,7 milhões de passageiros ao ano, segundo a Infraero.

O projeto de reforma e ampliação do aeroporto Marechal Rondon foi dividido em duas etapas. A primeira, com a construção do Módulo Operacional Provisório (MOP) que foi inaugurado no dia 30 de novembro do ano passado. O MOP começou a ser construído em julho de 2011 pela empresa vencedora da licitação – Engeglobal Construções – que ficou no valor de R$ 2,250 milhões.

Leia também:  Copa de 94 volta à tona com histórias de Romário e loira de Rondonópolis

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=cUqH6ulYvzI&list=UUCUete_T6eFKbuUNfvFx40A&index=1&feature=plcp[/youtube]

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.