Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

Preocupados com a possibilidade de não serem chamados no concurso realizado pela Secretaria Municipal de Educação (Semec), alguns professores buscaram apoio dos vereadores, na tarde desta quarta-feira (08/02), para garantir que os profissionais sejam convocados.

De acordo com os professores, a preocupação está no fato da publicação do edital para processo seletivo da Semec que prevê a contratação de docentes do ensino infantil e fundamental, quando há pessoas que prestaram concurso e aguardam apenas serem chamados. “Observamos que o processo seletivo abriu vagas para docentes e estamos com medo de não sermos convocados”, externou um dos professores.

O presidente da comissão de Educação, vereador Reginaldo Santos, afirmou que os parlamentares estão atentos para a situação e não vão permitir que vagas de concursados sejam preenchidas por contratados ou celetistas, mas é preciso conversar com a secretária Marilda e saber qual a real situação, se ainda há vaga para concursados.

Leia também:  Rondonópolis sedia 6º Encontro Nacional de Motociclismo

A titular da pasta, Marilda Rufino, afirmou que nenhum concursado será prejudicado, pois as vagas abertas no seletivo são para cobrir professores concursados que por algum motivo não estão em sala, mas que serão realizadas outras convocações para as pessoas que prestaram o concurso.

“As pessoas confundiram o chamado do concurso e o seletivo. Fizemos uma primeira convocação de concursados, mas precisamos preencher a vagas de outros professores, como é o meu caso que estou como secretária de Educação, mas sou professora concursada. As pessoas podem ficar tranquilas, pois haverá outras convocações. Nos próximos dias alguns professores apresentarão pedido de aposentadoria e além da abertura de novas escolas, tudo isso deve ser levando em consideração”, esclareceu Rufino.

Leia também:  Rondonópolis gera mais emprego que Cuiabá no 1º semestre
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.