Uma comissão representando os conselheiros tutelares do município esteve na Câmara Municipal de Rondonópolis, na tarde desta terça-feira (7), para solicitar dos vereadores um auxílio na luta pelo reajuste salarial. Segundo os conselheiros, os salários estão defasados há anos, fazendo com que os servidores percam o seu poder de compra.

O conselheiro Ronny Castro explicou que os conselheiros tutelares do município eram locados no nível DS3 e depois foram passados para o nível DS4 e logo após para o nível DS5. “Sempre que vai haver aumento de salário em nosso nível eles vão lá e mudam o nível dos conselheiros. O salário é de R$ 1607,00 e quando ia aumentar para cerca de R$ 2.200,00 foram lá e mudaram o nível e tem sido sempre assim, quando está previsto o aumento, o município vai e faz a mudança”, relatou.

Leia também:  Setrat atende indicação de vereador e sinaliza ruas do Jardim Serra Dourada

O vereador Reginaldo Santos (PPS) explicou aos conselheiros que a Câmara Municipal não pode legislar sobre as mudanças de funções e questões salariais, já que isso pode acarretar em custos para o município. “Nós vereadores não podemos fazer projetos que gerem gastos para o Executivo Municipal, é ilegal”, esclareceu o parlamentar, ressaltando que, neste caso, realmente vai depender da boa vontade do prefeito José Carlos do Pátio (PMDB).

O vereador João Gomes (PSD) falou da necessidade de uma mobilização por parte dos vereadores para convencer o prefeito a fazer as modificações que os conselheiros desejam. “É a única coisa que poderemos fazer, tentar convencer o prefeito a regularizar essa situação”.

Diante disso, o vereador Cido Silva (PP), que estava presidindo a reunião, pediu ao secretário municipal de Governo, Gerson Araújo, que marcasse com o prefeito uma reunião com os vereadores para poder tratar do assunto. “Nós faremos o elo entre vocês e o prefeito. Nós vereadores seremos o porta-voz de vocês”, garantiu Cido, que também pediu ao vereador Adonias Fernandes (PMDB) para tentar intermediar essa questão.

Leia também:  Idosos e deficientes poderão ser isentos de pagar Zona Azul

Também participaram da reunião os vereadores Lourisvaldo Manoel de Oliveira “Fulô” (PMDB), Milton Mutum (PSD), Milton Gomes da Costa, o Miltão (PMDB) e Mohamed Zaher (PSD).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.