Uma fonte da coluna “Bastidores” revelou que um dos membros do Partido Democrático Trabalhista (PDT), querendo conquistar algum espaço dentro do Movimento Mato Grosso Muito Mais e se postar como grande articulador se prontificou a conquistar o apoio do PSDB ao projeto do PDT, PPS e PSB, em troca ele “ofereceu” o comando da Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (CODER).

O PSDB respondeu negativamente a proposta do “articulador”, que avisou que não negocia com subalternos. Já diz um velho ditado, “Pau que dá em Chico, dá em Francisco”.

Advertisements
Leia também:  Queda de braço no Senado

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.