A dona de casa Laura Santos da Silva (26) tentou estrangular o companheiro, o auxiliar de serviços gerais Benedito Bosco do Couto (58) na tarde desta quinta-feira (23/02), no bairro Jardim Mato Grosso.

A testemunha Orlando Miranda Neves (61) afirmou em depoimento a Polícia Civil que ouviu o pedido de socorro de Benedito e depois foi até o local e puxou Laura de cima do auxiliar de serviços gerais para acabar com as agressões.

A informação é que a mulher deu um tapa no rosto da testemunha e ainda jogou pedras em sua direção. A filha de Benedito, Vanessa Pereira Couto (22), afirmou em depoimento que desde que Laura passou a beber, ela fica descontrolada e agressiva. A jovem ainda disse que a pedido do pai, foi até uma base da Polícia Militar (PM) do bairro Vila Aurora onde fez a denúncia e uma guarnição foi até a residência de Benedito e encaminhou Laura  para o Centro Integrado de Segurança e Cidadania (CISC) para prestar esclarecimentos.

Leia também:  Após chutar policial, suspeito de furto a residência é preso

A dona de casa nega em depoimento que tenha agredido o auxiliar de serviços gerais e disse que no dia da ocorrência só tinha bebido uma lata de cerveja e não bebeu mais por ter diabetes.

Laura afirma que mora com Benedito há cerca de nove anos e algumas brigas ocorrem por causa de ciúmes do auxiliar de serviços gerais. De acordo com informações da PM, como Benedito estava com sinais de infarto, os policiais o encaminharam para o Pronto Atendimento onde ficou sob cuidados médicos.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.