Os estudantes que desejam inserir o nome na lista de espera para concorrer a uma bolsa do Programa Universidade para Todos (ProUni) devem se cadastrar no site do programa até amanhã (24/02), quando termina o prazo. O instrumento será usado pelas instituições de ensino para preencher as bolsas que tenham sobrado.

Nesta edição, o ProUni ofereceu 194 mil bolsas de estudo e mais de 1,2 milhão de alunos candidataram-se para receber o benefício. Para participar do ProUni, é necessário ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou ter estudado em colégio particular com bolsa integral. As bolsas integrais são destinadas àqueles com renda familiar per capita mensal de até 1,5 salário mínimo.

Leia também:  Garoto de programa é suspeito matar cliente que confessou ter transmitido o vírus HIV

Já o benefício parcial pode ser pleiteado por quem tem renda familiar per capita de até três salários mínimos. Este ano, o MEC está priorizando a primeira opção dos candidatos. Isso significa que quem já se inscreveu na faculdade em segunda opção, poderá refazer a matrícula para o curso da primeira opção caso esteja incluído na segunda chamada da lista de aprovados divulgada no último dia 7 e disponibilizada no site do programa.

Quem não foi classificado em nenhuma das duas primeiras chamadas, ainda pode compor uma lista de espera. Essa lista será usada pelas instituições de ensino superior para preencher as vagas que permanecerem ociosas. Os interessados devem se inscrever na lista de espera até amanhã. A primeira chamada da lista de espera foi divulgada no dia 27 de janeiro, com prazo de apresentação de documentos dos dias 28 de fevereiro a 2 de março. A segunda chamada terá matriculas de 12 a 15 do mesmo mês

Leia também:  Vacina contra o zika tem potencial elevado e pode prevenir doenças na gestação
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.