O resultado positivo do Programa Mais Educação, desenvolvido no Centro Socioeducativo de Cuiabá será aplicado em todo Brasil. O projeto desenvolvido com os estudantes da Escola Estadual Meninos do Futuro, instalada dentro do Centro Socioeducativo da Capital, serviu de modelo para que o Ministério da Educação estendesse o programa para as demais capitais.

A parceria entre a Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) e a de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh-T), durante 2011, levou os técnicos do MEC a considerar o programa seguro e a prática positiva para ser implantada em todos os Socioeducativos brasileiros.

O Programa, que amplia o tempo dos estudantes das escolas públicas para além do período regular, oferta às crianças e adolescentes atividades recreativas, esportivas e culturais. “As atividades desenvolvidas pelo programa contribuem com o desenvolvimento dos adolescentes e jovens, proporcionando a eles acesso à cultura, ao esporte, ao acompanhamento pedagógico. É uma nova perspectiva de vida”, destaca a coordenadora do Mais Educação na Seduc, Simone Cristina Rubim Ferreira.

Leia também:  Alunos da rede municipal recebem vacinas contra HPV e meningite em MS

Na unidade Socioeducativa de Cuiabá, os cerca de 130 jovens (internos e os que estão em detenção provisória) frequentam atividades como informática, dança, música, canto, futsal, artesanato e natação. Os alunos são organizados em turmas de 15 a 20 integrantes e participam de todas as modalidades.

Para a diretora do Centro Socioeducativo, polo Cuiabá, Maria Giselda da Silva, “a experiência tem se mostrado excelente para os jovens, com resultados positivos na disciplina dos participantes e como uma ferramenta para o projeto de vida dos adolescentes”, disse.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.