Mais
    Agora MT Brasil Sem portas para fechar, lanchonete está aberta há mais de 47 anos
    CURIOSIDADE

    Sem portas para fechar, lanchonete está aberta há mais de 47 anos

    DA REDAÇÂO COM ASSESSORIA
    VIA

    Sem portas e funcionando dia e noite há mais de 47 anos (desde 1965), a Parada Sfalsin entra para o RankBrasil – Recordes Brasileiros – por ser a Lanchonete aberta por mais tempo ininterruptamente.

    Localizada no km 211, da BR 101, em Ibiraçu – ES, o estabelecimento comercial agora pertence à Rede Parada, fundada por Ariel Teixeira do Amaral, que também integra a Parada Ibiraçu.

    De acordo com Ariel, a Parada Sfalsin é conhecida por ter o melhor pão com linguiça da região.  A lanchonete também tem como carros-chefe o pastel de vento e o caldo de cana e ainda oferece iguarias como buchada de bode, carne de rã, carne de carneiro e linguiça de lombo de porco.

    Por permanecer aberta 24 horas, pela variedade e qualidade dos produtos oferecidos e pelo bom atendimento, realizado por 30 funcionários que intercalam os turnos, Ariel comenta que o movimento no local é intenso.

    A clientela é composta por turistas, caminhoneiros e pessoas que trafegam diariamente entre os municípios de Vitória, Colatina e Linhares. “As vendas costumam multiplicar no final de ano e nos feriados, quando aumenta o fluxo de veículos na rodovia”, conta.

    Sobre a conquista do recorde brasileiro, Ariel acredita que entrar para o RankBrasil significa mais visibilidade para um negócio que é único. “É realmente algo inédito fazer o registro de um ponto de parada que nunca fecha”, comemora.

    Em relação ao futuro, ele adianta que a pretensão é ampliar o estabelecimento, agregando novas atividades, e garante: “Vamos dar continuidade à tradição de trabalhar sem portas, 24 horas por dia”. Pelo sucesso das lanchonetes, outro plano é iniciar uma rede de franquias.

    História

    O primeiro proprietário que se tem notícia foi João Viana. Segundo relatos, na época, a BR 101 não era pavimentada e em dias de chuva intensa os caminhões não conseguiam trafegar em função do barro. Muitos atolavam e os caminhoneiros procuravam lanches, mesmo durante a madrugada.

    João Viana enxergou na situação uma oportunidade, deixando o local aberto ininterruptamente. Em 30 de janeiro de 1965, Alvino Sfalsin comprou a lanchonete, já sem portas. Antes desta data, não é possível precisar há quanto tempo o local funcionava 24 horas.

    Mais tarde, Alvino vendeu o negócio e atualmente a Parada Sfalsin é administrada por Ariel Amaral Junior e Ricardo Torres, que dão continuidade à tradição.

    Curiosidade

    Há cerca de 40 anos, um coronel do exército tentou fechar a Parada Sfalsin. Ele queria impedir que seus subordinados tomassem cerveja à noite. Por falta de portas, obviamente o coronel não conseguiu.

    Relacionadas

    Aprendendo a partir das feridas

    Num lugarejo bem distante, existia uma comunidade de porcos espinhos. Viviam de forma harmoniosa, um ajudando o outro em suas necessidades. Um dia chegou...

    Governo projeta receita de R$ 23,5 bilhões em 2023

    A Secretaria de Fazenda (Sefaz) realizou, nesta sexta-feira (20.05), uma audiência pública para apresentar o Projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) de 2023,...

    Em Cuiabá, Mandetta diz que candidatura de Bivar não interfere em palanque de Mauro Mendes

    O ex-ministro da Saúde do governo Jair Bolsonaro, Luiz Henrique Mandetta (UB), visitou o Palácio Paiaguás, sede do Poder Executivo estadual, nesta quinta-feira (19)....

    Homicida foragido da Justiça é preso após invadir e furtar ótica

    Um homem foi preso pela Polícia Civil (PC) nesta terça-feira (24) suspeito de invadir e furtar uma ótica, em Tangará da Serra (MT). O...

    Polícia Militar Ambiental comemora um ano como Companhia Independente

    Vários militares e oficiais participaram de uma solenidade festiva em comemoração de um ano que a 2ª Cia de Polícia Ambiental se tornou independente,...

    Suspeito é preso por aplicar ‘golpe da casa própria’ em casal

    Um suspeito de aplicar um golpe na venda de um consórcio para aquisição de imóvel contra um casal em Sinop foi preso em flagrante...

    Prefeito lamenta morte de comunicador Denis Maris e decreta luto oficial de três dias

    O prefeito José Carlos do Pátio lamenta o falecimento, aos 72 anos, do comunicador, músico e artista plástico, Denis Maris, ocorrido nesta quinta-feira (19),...

    Conheça a história de Fernão, uma gaivota fora do comum

    Nossa indicação literária da semana é a obra de Richard Bach, “Fernão Capelo Gaivota”, uma das obras mais vendidas do mundo. O livro narra...

    Mais de 30 mil jovens de 15 a 17 anos solicitaram o primeiro título em Mato Grosso

    De janeiro a maio deste ano, 30.644 jovens com a idade entre 15 e 17 anos solicitaram o alistamento eleitoral em Mato Grosso. O...

    Especiais

    Últimas

    Editoriais

    Siga-nos

    Mais Lidas