Ronivaldo da Silva Rocha (31) foi preso pela PM na tarde desta terça-feira (21/02) depois de arrombar e furtar a casa da auxiliar de escritório Cristina Rodrigues Dias (26) no bairro Parque Universitário. De acordo com informações da Polícia Militar, o suspeito fugiu depois de furtar a casa da auxiliar de escritório e foi detido por populares, e depois de ser levado pela PM até o Centro Integrado de Segurança e Cidadania (CISC). A surpresa foi o fato de Rocha ter conseguido abrir a algema e escapado do CISC. Ele, no entanto, foi capturado pelos policiais no Jardim Morumbi próximo à Rodovia do Peixe.

Rocha afirmou em depoimento a PM que passou em frente à casa de Cristina e percebeu que não havia ninguém e então resolveu arrombar a janela da residência e furtou os pertences da auxiliar de escritório. Consta no Boletim de Ocorrência (BO), que o suspeito levou uma corrente de ouro no valor de R$ 500 e várias tarraxas de brinco.

Leia também:  Após incêndio, casa fica parcialmente destruída no Conjunto São José

Segundo a PM, um vizinho flagrou o momento em que o suspeito furtava a casa e depois Rocha pulou o muro de uma residência e atravessou um matagal, mas foi detido por populares a cerca de 300 metros do local.

Depois que o foi levado para o Cisc, durante o registro do BO, Rocha abriu a algema e fugiu do local. A PM recebeu logo depois informações anônimas que um suspeito com as mesmas características de Rocha tinha pegado um moto-táxi e foi rumo ao viaduto. O carro da PM da Região Salmen 2 saiu a procura do suspeito e conseguiu abordá-lo.

Rocha foi encaminhado novamente até o Cisc e quando perguntado como havia conseguido fugir o suspeito respondeu que tinha usado um papel para abrir a algema.

Leia também:  Jardim das Flores | Forças policiais levam segurança durante operação em bairro de Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.