Com a suspensão por 30 dias do presidente do União Esporte Clube, Carlos Rufino, o vice-presidente deve assumir as funções legais por este período, nada de mais, se o vice-presidente não fosse o presidente da Câmara Municipal, o vereador Ananias Filho (PR), que também pode assumir na próxima semana a cadeira de prefeito do município, caso o processo contra José Carlos do Pátio (PMDB) seja encerrado e o chefe do executivo tenha o seu mandato cassado.

Caso Ananias seja empossado como chefe do executivo municipal, será a primeira vez na história de Rondonópolis que o prefeito da cidade também será o presidente do clube de maior torcida do município.

Advertisements
Leia também:  Blairo reage à delação de Silval

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.