Carlos Nazário acredita que até o final do mês o Antigo Aeroporto estará pronto Foto: Deivid Rodrigues/AGORA MT

O Antigo Aeroporto localizado na saída para Cuiabá será o novo local para a realização de testes de direção em Rondonópolis. De acordo com diretor do Detran de Rondonópolis, Carlos Antônio Nazário, o lugar também vai abrigar a Delegacia de Delitos para o Trânsito, um destacamento da Polícia Militar para a região do Parque Universitário e um setor de Carga Pesada para a vistoria de carretas.

Carlos Nazário afirma que cada autoescola terá um espaço demarcado para a realização das avaliações. “O local vai servir para a realização de testes a quem vai tirar a primeira carteira, mudança e adição de categoria”, fala.

Atualmente os testes para tirar a CNH são realizados no Jardim Atlântico e em um espaço cedido pela Prefeitura na Feira do bairro Vila Aurora.

Leia também:  Profissionais de saúde estão mais de 100 dias sem receber salário do governo

De acordo com a proprietária de autoescola, Marli Cecilia Lange, o projeto vai atender a uma necessidade pública. “Ficar exposto ao sol seria um dos maiores problemas enfrentado por alunos, instrutores e examinadores. Outro ponto que causa constrangimentos é o número insuficiente de banheiros, além de que é preciso parar o teste quando chove”, afirma.

O instrutor de trânsito, Paulo Alberto Nascimento, aponta outro problema que é a falta de água no local do teste e que também não há como treinar a direção de moto na Feira da Vila Aurora devido a necessidade de outras pessoas em usar o estacionamento. Ele acredita que se o Antigo Aeroporto oferecer a infraestrutura necessária para trabalhar, o projeto será bem aceito. “O lugar é longe, mas é possível fazer um trabalho legal”, conta.

Leia também:  Ecopontos viram lixões e moradores reclamam do descaso no Sagrada Família

Segundo o proprietário de autoescola Robson Guimarães o local do teste de carro já foi mudado várias vezes. “Já estivemos no Jardim Atlântico, Monte Líbano, mas os moradores fazem abaixo assinados e aí a gente tem que sair”, alega. Ele ressalta que os motoristas da cidade não respeitam o aprendiz e há a falta de um local sinalizado.

Segundo Carlos Nazário, o projeto só depende de uma posição do Ministério Público. “Em reunião com o GGI (Gabinete Integrado de Segurança), foi solicitado à desocupação da área e o requerimento foi encaminhado para o Ministério Público”, salienta. O chefe do Detran diz que a Prefeitura vai entregar uma casa para o funcionário da prefeitura que é aposentado e mora no local. “Eu acredito que até o final desse mês o Antigo Aeroporto poderá estar pronto para receber a instalação dos órgãos e o oferecimento do espaço para as autoescolas”, diz.

Leia também:  Nas mãos de Fufuquinha

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.