Bandidos colocaram um equipamento conhecido como “chupa cabra” na agência do Banco Itaú, no cruzamento da rua Dom Pedro II com avenida Bandeirantes, na tarde deste domingo (18/03), no Centro de Rondonópolis. O trabalhador autônomo David Rodrigues de Macena (35) foi preso pela Polícia Militar (PM) sob suspeita de ter participado da fraude. Segundo a PM, foram apreendidos com David uma folha de cheque no valor de R$ 1.397,09 e a quantia de R$ 1.300,00 em dinheiro.

De acordo com informações da Polícia Civil, o equipamento serve para furtar dados bancários e dinheiro dos clientes. Segundo a PM, a denúncia da fraude foi recebida por denúncias anônimas pelo telefone 190 que três suspeitos estavam no Banco para cometer a fraude. Quando a PM chegou ao local encontrou os caixas eletrônicos violados e perceberam que de um dos equipamentos o cheque e a quantia em dinheiro tinham sido subtraídos. Já dos outros caixas foi retirado o “chupa cabra”, mas não havia nem dinheiro e nem envelope.

Leia também:  Moradores do Colina Verde e Sagrada Família reclamam da falta de água nos bairros

A PM recebeu informações anônimas que um dos suspeitos tinha fugido em uma moto Honda Biz, enquanto que os outros dois rapazes usaram um Fiat Uno para a fuga. Um funcionário que não quis se identificar disse a PM que havia encontrado um rapaz que estava em uma moto Honda Biz parado em frente de outra agência bancária na Avenida Amazonas.

A PM foi até o local e fez a abordagem em David de Macena e o rapaz disse aos policiais que estava a espera de um amigo e alegou várias vezes que ele chegaria. Os policias pediram para que David ligasse para o tal amigo, que falou a PM que não conhecia o trabalhador autônomo e não tinha marcado encontro nenhum.

Leia também:  Feira do Empreendedor dá espaço para campanha

Por causa da suspeita, David foi encaminhado para o Centro Integrado de Segurança e Cidadania (CISC) onde negou em depoimento que teria instalado o “chupa cabra” e não conhecia os apetrechos e estava no local a espera do amigo para resolver a compra de uma moto. O delgado plantonista Henrique de Freitas Meneguelo determinou que David de Macena vai responder pelo crime de tentativa de furto qualificado.

 

OUTRO “CHUPA CABRA”

 

A PM recebeu mais uma denúncia na tarde deste domingo (18/03) de uma gerente de outro banco no Centro da cidade que avisou aos policias que sua amiga havia percebido que os caixas eletrônicos tinham sido alterados. Quando a PM foi até o local e encontraram dois “chupa cabras” instalados e que foram retirados. Em um dos caixas estava uma envelope com a quantia de R$ 200 em dinheiro. Os instrumentos e o dinheiro foram encaminhados para o Cisc.

Leia também:  Motociclista fica ferido após acidente na área central de Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.