O comerciante Jorge David Geraldeli Amorin (50) foi preso pela Polícia Militar (PM) depois que partiu para cima de sua esposa L.R.G. (50) e sua filha K.A.G.G. (22) na manhã desta segunda-feira (26/03) no bairro Jardim Sumaré. De acordo com a PM, o comerciante já foi preso por estupro em 1998.

As vítimas informaram a PM que Jorge Amorin havia chegado nervoso em casa e começou a quebrar os pertences da família. L.R.G. e K.A.G.G. afirmaram que em seguida o comerciante disse que iria quebrar a cara de cada uma e partiu para cima de L.R.G. que estava com o filho de K.A.G.G. no colo. A filha do casal, que não gostou da situação, resolveu defender a mãe, mas Jorge Amorin também partiu para cima de K.A.G.G..

Leia também:  Marido é preso após manter esposa em cárcere privado e tentar matá-la com serra elétrica

A PM foi até o local e Jorge Amorin foi encaminhado para o Centro Integrado de Segurança e Cidadania (CISC) para dar mais detalhes sobre o caso.

Segundo a PM, L.R.G. afirmou que já foi agredida pelo comerciante em situações anteriores, já se separou dele várias vezes e chegou a romper novamente com relacionamento, pois segundo ela, havia se tornado insustentável. L.R.G. disse também que o marido anda enturmado com pessoas suspeitas que moram na região.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.