A Secretaria Estadual de Saúde (SES) inicia nesta segunda-feira a campanha 2012 de vacinação Antirrábica animal. Foto da assessoria

Com o slogan “Não deixe a bola cair, vacine seu cão e gato!”, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) inicia nesta segunda-feira (02/04) a campanha 2012 de vacinação Antirrábica animal. Com a meta de vacinar 629.718 animais em todo o Estado, sendo 516.276 cães e 113.442 gatos.

O coordenador do Centro de Controle de Zoonoses – CCZ, Edgar Prates, explicou que a campanha será realizada em todo o Estado, entre os dias 02 de abril a 31 de maio e tem como meta a vacinação de 20.983 cães e 2.789 gatos no município.

De acordo com Edgar, em Rondonópolis a campanha está prevista para começar com atendimento de porta em porta na zona rural e no dia 05 de maio será o Dia D, onde os cães e gatos receberam a vacina em aproximadamente 50 postos. As pessoas que não conseguirem imunizar os animais na data terão até o final do mês de maio para procurar o CCZ e vacinar o animal.

Leia também:  MT | Inscrições para Circuito Estadual de Tênis encerram nesta segunda

Dados da SES apontam que desde 2009 não há registro de raiva no Estado. E a campanha tem como objetivo de prevenir e interromper a transmissão do vírus da raiva na população canina e felina, diminuindo assim a possibilidade da ocorrência da raiva humana.

DOENÇA – A raiva é uma doença que acomete mamíferos, e que pode ser transmitida aos homens, portanto, é uma zoonose. É uma doença que não tem cura e é letal se não atendida a tempo.

SINAIS E SINTOMAS – Os sinais e sintomas da raiva em cães e gatos são: mudança de hábitos (buscam lugares escuros), mudança de comportamento (agitação ou agressividade), dificuldade para engolir água ou alimento, salivação abundante e paralisia das patas traseiras. Em caso de suspeita o Centro de Controle de Zoonoses deve ser procurado. A pessoa que for agredida ou mordida por um animal deve lavar o ferimento com água e sabão e procurar com urgência o serviço de saúde mais próximo.

Leia também:  IPVA| inadimplentes de 2017 podem dividir os débitos em até três vezes
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.