Mato Grosso exportou em fevereiro 8,64 mil toneladas a menos de carne bovina, em relação ao mês anterior, o que representa um recuo de 8,9%, enquanto as exportações totais do país recuaram 11,9%. De acordo com o boletim do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (IMEA) com essa queda dos embarques no mês passado se aproxima do menor valor registrado em 2011, de 8,05 mil toneladas, no mês de julho, quando as exportações foram fortemente impactadas pelo início do bloqueio russo aos frigoríficos de Mato Grosso.

Os problemas enfrentados pelos principais clientes, como por exemplo, o Irã, que sofre sanções internacionais, e o mercado russo, que segue inacessível, são motivos para a queda na exportação

Leia também:  MPE e Governo do Estado firmam TAC para garantir proteção do Parque Serra de Ricardo Franco

Apesar das expectativas otimistas do setor quanto a uma recuperação das exportações para o ano de 2012, o resultado obtido até agora no acumulado dos dois primeiros meses do ano, de 18.116 toneladas, é 21,5% inferior ao registrado na soma de janeiro e fevereiro do ano passado. Deste modo, a fraca demanda dos compradores internacionais segue sendo compensada pela demanda interna, que no ano de 2012 deve apresentar, assim como em 2011, um aumento da importância no consumo da produção de carne do país. Enquanto isso, o valor médio da tonelada embarcada registrou aumento de 3,5%, alcançando o preço de US$ 5.143/tonelada, apesar de o preço do boi gordo no Estado seguir em queda.

Leia também:  Governo lança edital para Bolsa Atleta 2017
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.