Os dados sobre a campanha foram apresentados na reuinão do GGI. Foto Varlei Cordova/AGORA MT

O projeto para realização de uma Campanha Municipal de Trânsito está na reta final, hoje (08/03) o Gabinete de Gestão Integrada (GGI) e a Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Rondonópolis (ACIR) se reuniram com outras entidades para apresentar a situação do projeto que será lançado em breve.

O secretário executivo do GGI, Nildeson Candido da Silva, explicou que já foram feitos todos os levantamentos necessários, dos pontos mais críticos e que precisam de atenção especial, para desenvolver as ações e trabalhos que serão aplicados. Nildeson argumentou que a reunião tem como objetivo buscar formas de viabilizar a campanha.

Nildeson reforçou que o objetivo da campanha é somar as forças de todos os seguimentos e trabalhar na conscientização das pessoas e na punição dos maus motoristas, mas de uma forma permanente para que o quadro de acidentes e mortes seja reduzido, assim como ocorreu nos últimos dois anos que passou de 126 mortes em 2010 para 105 óbitos no ano passado.

Leia também:  2ª Noitada de Boxe Olímpico acontece em Rondonópolis

O Policial Rodoviário Federal, Luiz Carlos, expos que no primeiro momento será desenvolvida ações de conscientização e educação no trânsito e posteriormente medidas mais enérgicas, com ênfase nos ponto de maiores ocorrências, levantados pelo SAMU, PM e Corpo de Bombeiros.

O secretário de Transito, Argemiro José Ferreira de Souza, disse que será implantado na cidade mais 38 redutores de velocidade como forma de coibir os acidentes. “Vamos trabalhar juntos para conscientizar as pessoas e diminuir o número de acidentes na cidade”.

O GGI e a ACIR contam com a parceira da Polícia Militar, Batalhão do Corpo de Bombeiros, 18º GAC, Politec, Polícia Rodoviária Federal, Maçonaria, Diocese de Rondonópolis, Promotoria de Justiça, Lojas Maçônicas, Clubes de Serviços, Igreja Assembleia de Deus, Sistema Prisional de Rondonópolis, Secretaria de Trânsito – Setrat e Secretaria Municipal de Governo.

Leia também:  Peixes aparecem mortos no Ribeirão Arareau e mau cheiro intriga moradores
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.