O jardineiro J.D.P. (31) foi levado para o Centro Integrado de Segurança e Cidadania (CISC) na tarde desta segunda-feira (19/03) acusado de abusar sexualmente da menor S.L.F.G. (03) no bairro Parque São Jorge. O caso ocorreu na tarde deste domingo (18/03), mas a ocorrência foi registrada nesta segunda-feira.

A avó da menor, a auxiliar de limpeza L.F.S., que testemunhou o fato, informou a PM que J.D.P., que é seu companheiro, chegou em casa e foi se sentar nos fundos da residência. L.F.S. afirma que assistia TV e resolveu ir até a área do fundo e flagrou o momento a neta estava sentada no colo de J.D.P. e ele estava com o short abaixado e segurava o órgão genital para fora. Ele também fazia carinhos na menor.

Leia também:  Bombeiros registram quase 400 casos de incêndios em Rondonópolis

Segundo L.F.S., no calor da situação, ela agrediu o jardineiro com um tapa no rosto e depois ele colocou as mãos sobre a face, no que aparentava que estava preocupado com o que acabara de fazer. Em seguida, J.D.P. pegou sua motocicleta, saiu do local e só retornou na tarde desta segunda-feira, por volta das 13h.

L.F.S. disse a PM que sua neta costuma ser uma criança extrovertida e comunicativa, apesar da pouca idade. A auxiliar de limpeza conta que depois do ocorrido, a criança passou a ficar calada e quando dormiu chegou a colocar as mãos no rosto.

Antes de acompanhar a PM, J.D.P. pediu para L.F.S. que não o denunciasse e ainda perguntou aos policias se o crime era afiançável. A auxiliar de limpeza L.F.S. e o jardineiro J.D.P. foram levados para o Cisc a fim de prestar esclarecimentos.

Leia também:  Ecopontos viram lixões e moradores reclamam do descaso no Sagrada Família
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.