Foto da assessoria

Em visita considerada de rotina ao Instituto Municipal de Previdência Social dos Servidores de Rondonópolis – Impro, na semana passada, o auditor do Ministério de Previdência Social (MPS), Gilmar Jorge de Oliveira reuniu-se com a diretoria da autarquia municipal, quando diversos assuntos ligados à área previdenciária foram abordados pelas partes, a exemplo da sistemática de trabalho do órgão federal utilizado em relação aos Regimes Próprios de Previdência (RPPs).

Segundo o auditor, a visita serviu para identificar como atua o instituto na questão dos investimentos dos recursos arrecadados, sobre prováveis dificuldades que o gestor possa estar enfrentando e também os mecanismos utilizados para gerir esses investimentos. “Em suma, nossas visitas têm como objetivo primeiro, a orientação aos gestores. A fiscalização é uma conseqüência”, salientou ele, explicando que muitas pessoas ligam a idéia de auditoria imediatamente à fiscalização. “Isso não ocorre com o Impro, porque para nós o instituto sempre foi referência em adequação e gestão, servindo de exemplo para outros tantos que existem. As diretorias sempre têm demonstrado capacitação e conhecimentos exigidos para as funções, aliadas à excelente estrutura funcional que possui”, resumiu.

Leia também:  Carro estacionado em local proibido gera transtorno no Centro

Para o diretor executivo do Impro, Josemar Ramiro e Silva, esse trabalho de auditoria e acompanhamento exercido pelo Ministério da Previdência, através da Coordenação de Auditoria dos Regimes Próprios de Previdência Social, é de fundamental importância para que se possa avaliar o trabalho dos gestores de RPPs. “Todas as visitas dos auditores do Ministério nos têm servido como mais um mecanismo de aprendizado. Na seqüência, implementamos as sugestões e idéias discutidas, no sentido de aprimorarmos os nossas ferramentas de tomada de decisão, buscando gerir melhor ainda o Impro” , concluiu.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.