O índice de inadimplência em Rondonópolis em fevereiro foi o menor dos últimos seis anos, desde que a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) tabula os dados referentes a consultas do Serviço de Proteção ao Crédito. Ao todo, foram registradas 1.359 consultas, cerca de mil a menos que a média mensal do ano passado e menor (-) 58,6% na comparação com fevereiro de 2011. As exclusões fecharam o mês em alta de 78,2, o melhor desempenho desde julho de 2010.

Para o diretor de Produtos e Serviços da CDL, Maurício Pugas, até o momento os índices apontam para uma redução nas compras, mas em contrapartida um maior interesse dos devedores em quitarem o que deviam nas lojas. “Podemos observar uma mudança de comportamento até o momento, mas temos que aguardar para verificarmos se esses dados não indicam um prazo maior por parte dos lojistas na inclusão dos clientes que fizeram as compras no final do ano e não pagaram as parcelas”, explicou.

Leia também:  Prefeitura garante pagamento à terceirizadas

Já o número de consultas para verificação de cadastros apresentou queda de (-) 14% em relação ao mesmo período do ano passado. A retração apresentada pode ser avaliada como cautela nas compras ou como aplicação do dinheiro em outros eventos, como o carnaval, por exemplo.

Bimestre

O primeiro bimestre do ano contou com diminuição nas consultas gerais em (-) 8,3%; as inclusões registraram queda (-) de 26,2% e as exclusões, alta de 49%.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.