O recurso impetrado pelo Ministério Público Eleitoral, que pede a cassação do prefeito José Carlos do Pátio (PMDB) no processo de abuso do poder econômico nas eleições de 2008, ainda não chegou ao final e sofreu novo adiamento em virtude de um pedido de vistas.

O julgamento estava adiado desde a última quinta-feira (22/03) quando o jurista substituto André Luiz de Andrade Pozetti, pediu vistas ao processo, que já tinha três votos pela cassação do prefeito, sendo: o do relator do processo Pedro Francisco da Silva, que substitui o titular e juiz federal, Rodrigo Navarro de Oliveira, o desembargador José Ferreira Leite e o quarto vogal, Jorge Luiz Tadeu Rodrigues. Ao retornar para julgamento nesta terça-feira, o autor do pedido de vistas André Luiz de Andrade Pozetti, acompanhou  voto do relator que pede a cassação de Pátio, assim como o juiz Sebastião Arruda Almeida.

Leia também:  Mutirão Fiscal acontece na Prefeitura de 16 a 31 de outubro

Um novo pedido de vistas, agora feito Samuel Franco Dalia Júnior, adia novamente o resultado final do julgamento.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.