O Ministério do Trabalho divulgou a informação de que Rondonópolis ganhou mais de 30 mil novos trabalhadores devidamente confirmados no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – Caged do ano passado. O número é expressivo e demonstra o crescimento econômico da cidade, especialmente se comparado aos anos anteriores como, por exemplo, em 2010 quando pouco mais de 25 mil pessoas conseguiram um emprego. A informação é pública e está publicada no site do Ministério www.mte.gov.br. Se computado também os demitidos que somaram pouco mais de 28 mil, o saldo na cidade ficou positivo em 2.318 registrados.

A notícia do crescimento dos números não é novidade para o Secretário de Desenvolvimento Econômico do Município, Valdemir Castilho Soares – Biliu. O responsável pela pasta que gerencia e coordena a chegada de novas empresas na cidade garante que os números de investimentos externos em Rondonópolis é o principal causador desta realidade. “Temos uma chegada constante de empreendedores do Brasil todo que reconhecem nossa capacidade econômica. Semanalmente são muitos que nos procuram e avaliam as condições para se instalarem na cidade, fora os que nos ligam”, reforça.

Leia também:  Primavera do Leste | Maio fecha com saldo positivo e comércio é setor que mais gera emprego

A Secretaria Municipal de Receita do Município contabiliza um total de 1.978 novas inscrições no cadastro econômico de pessoas físicas e jurídicas em Rondonópolis durante todo o ano de 2011, o que contabiliza empresas de pequeno, médio e grande porte. O setor de Serviços e Comércio ainda são os que mais empregam na cidade. O primeiro admitiu 9.433 profissionais enquanto que 9.014 ingressaram para o ramo comercial. Um outro departamento que merece destaque pela ascensão é a Indústria de Transformação, que alcançou o número de mais de 5,8 mil novos trabalhadores.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.