Foto da assessoria

O Conselho Nacional de Trânsito – Contran exigiu e os mototaxistas de Rondonópolis já começaram a fazer os cursos obrigatórios para o exercício da profissão. Na manhã desta quinta-feira (15/03) centenas de trabalhadores e várias autoridades, participaram da aula inaugural que foi o pontapé inicial da formação que pretende formar os pouco mais de 800 cadastrados em dois meses de treinamento intensivo.

A resolução 350 definiu a necessidade de uma capacitação de 50 horas de curso que aborda desde direção defensiva até ética na profissão. As aulas ficaram a cargo do Departamento de Trânsito – Detran local que atendeu ao pedido do movimento da categoria. O espaço escolhido foi o Auditório Municipal aonde 500 inscritos devem participar da formação em modelo, horário e didática definida pelo Detran.

Leia também:  IFMT Rondonópolis abre 46 vagas para vestibular de nível superior

A primeira capacitação, iniciada ontem, é uma adequação para um público a parte com 20 horas de curso. Isto porque alguns profissionais já fizeram formações individuais nos últimos anos, disponibilizados pelo município e outros órgãos. Os mototaxistas montaram uma comissão e com o apoio do prefeito lutaram em busca do reconhecimento destes cursos na resolução 350.

“Temos muito a agradecer quem comprou esta ideia junto com a gente. O prefeito sempre nos disse que dentro da legalidade estava conosco e assim foi. Fomos até Cuiabá e conseguimos a justiça de reconhecerem os cursos que já fizemos”, relatou Valdson Coelho Pessoa, participante da comissão.

INSCRIÇÕES

Os profissionais que ainda não fizeram a inscrição têm até esta sexta-feira (16/03) para fazê-la na Secretaria de Transporte e Trânsito do Município – Setrat, onde também gratuitamente podem fazer o recadastramento anual. A data para o último venceria nesta semana, mas foi prorrogada sem multa por mais 30 dias pelo prefeito. O endereço da Setrat é na Avenida Dom Wunibaldo, nº 1.275 e telefone 3411-5300.

Leia também:  Gerente de Relações do Governo do BNDES estará na CDL
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.