Mototaxistas de Rondonópolis participam de mais uma etapa do curso de qualificação profissional exigido pelo Conselho Nacional de Trânsito – Contran. O objetivo do treinamento é principalmente, orientar a classe sobre a segurança do condutor e passageiro nas vias públicas. A resolução 350 definiu a necessidade de uma capacitação de 50 horas de curso que aborda desde direção defensiva até ética na profissão. As aulas ficaram a cargo do Departamento de Trânsito – Detran local que atendeu ao pedido do movimento da categoria.

Cerca de 850 mototaxistas cadastrados na cidade devem participar do curso. Para Moisés José dos Santos, que atua no ramo há 14 anos, a reciclagem é essencial. Moisés explica que já frequentou diversos treinamentos. “Esse é uma espécie de reforço. É muito importante as orientações recebidas porque amplia nosso conhecimento e serve como uma atualização”, fala.

Leia também:  Blitz Seletiva | 100% das abordagens de veículos constataram irregularidades em Rondonópolis

As aulas teóricas são oferecidas no Auditório da Prefeitura de Rondonópolis. São dois tipos de treinamento. A atualização, exigida para aquele profissional que já participou de cursos de reciclagem nos últimos anos, com duração de 20 horas. E o curso completo, com duração de 50 horas, é direcionado para o mototaxista que ingressou há pouco tempo na profissão e ainda não participou de nenhum treinamento.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.