Arquivo AGORA MT

Em reunião esta semana a bancada do Centro Oeste decidiu que fará apelo à presidente Dilma Rousseff para consolidar a Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco). A autarquia recriada em meados de 2011 fez um balanço positivo das ações executadas durante o primeiro ano de funcionamento, mas argumenta que para atender a todos os projetos da região necessita de atenção especial das bancadas no direcionamento de emendas à Sudeco.

No encontro o superintendente da autarquia, Marcelo Dourado, ressaltou aos parlamentares que o Fundo Constitucional de Investimento no Centro-Oeste (FCO), bateu todos os recordes de contratações dentre os demais fundos regionais no ano passado. “Foram financiados R$ 5,5 bilhões em 2011, 33% a mais que em 2010. Todos os Estados tiveram desempenho espetacular, por isso nossa expectativa é que este ano o crescimento do PIB do Centro Oeste permaneça o maior do país”, pontuou Dourado.

Leia também:  Temer passa mal e é encaminhado ao Hospital do Exército em Brasília

Uma das principais dificuldades enfrentadas hoje pela Sudeco é o número reduzido de engenheiros para atender a demanda dos Estados. O coordenador da bancada do Centro-Oeste, deputado federal Wellington Fagundes (PR/MT) sugeriu que os três Estados e o Distrito Federal devem fazer convênios com a Superintendência e contratar engenheiros para analisar e fiscalizar projetos dos Estados e municípios. “Não é de hoje que a Sudeco necessita de profissionais especializados para dar andamento aos trabalhos e esta é a solução mais viável no momento”, explicou o republicano.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.