Assembleia onde foi esclarecido ponto do PCCS. Foto: Varlei Cordova

Servidores da Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (CODER) se reuniram em Assembleia com a diretoria do Sindicato dos Servidores Público Municipais de Rondonópolis (Sispmur), na manhã desta quarta-feira (07/03), para discutir questões sobre o Plano de Cargos, Carreira e Salário (PCCS).

O diretor do Departamento de Assuntos Jurídicos e de Segurança do Trabalho do Sispmur, Vilmondes Aprígio da Silva Luz, afirmou que foram debatidos pontos como o pagamento do auxílio alimentação que até o momento não foi repassado para os servidores, e na oportunidade a diretoria da Coder se comprometeu em efetuar o pagamento do benefício até o próximo dia 20 de março. Caso não ocorra até o dia 22 de março os servidores anunciaram a suspenção das atividades.

Leia também:  1ª paraolimpíada 2017 acontece neste sábado

Outro assunto da assembleia foi sobre o fato de que alguns servidores foram prejudicados com a implantação do PCCS, mas a situação será discutida, na próxima quinta-feira (15/03), com a diretoria da Coder.

Vilmondes relatou que alguns servidores queixam de perseguição na empresa e que o fato será apurado pelo sindicato e cobrado uma providência da diretoria e solução do problema. E que a reunião serviu para tiras as dúvidas dos servidores em relação ao PCCS

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.