O coordenador do Centro de Controle de Zoonoses – CCZ, Edgar Prates, confirmou a suspeita do primeiro caso de dengue hemorrágica do ano que foi registrado na semana passada em Rondonópolis. Já a Secretaria de Estado de Saúde confirma o resultado. Uma mulher de 22 anos que mora no bairro Ananias Filho foi internada no Pronto Atendimento da cidade com a doença, mas ela já recebeu tratamento e foi liberada.

Edgar explicou que na quinta (15) e sexta-feira (16) foi feito o bloqueio nas proximidades de onde vive a paciente para tentar eliminar o mosquito. “Mas a área continua sendo de risco, já que há no local barracos de lonas e caixa d’ agua que estão no chão descobertas que acabam servindo como reservatório para o mosquito. O local está sendo monitorado com prioridade, assim como em outros bairros que também tem um alto índice do mosquito”, fala.

Leia também:  Samu passa a contar com central mais ampla e moderna

A Secretaria de Saúde de Mato Grosso informou que Rondonópolis diminuiu os números de notificação da doença em relação ao mesmo período do ano passado. De 1º de janeiro até 15 de março de 2011 foram registrados 3.884 casos de dengue no Estado, sendo 169 em Rondonópolis. Já este ano foram 6.721 casos em Mato Grosso e 121 em Rondonópolis.

Outro caso

Edgar comentou que um caminhoneiro que estava de passagem por Rondonópolis também foi diagnosticado com suspeita da doença e recebeu tratamento na cidade. “O caminhoneiro contou que havia ficado uns dias em Sinop e que depois começou a se sentir mal, chegou a ser atendido em Cuiabá, mas seguiu viagem e  chegando em Rondonópolis teve que ser internado. Ele recebeu tratamento e também foi liberado”, fala.

Leia também:  José Sobrinho reinicia atividades nesta segunda-feira (31)

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.