O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Rondonópolis (Sispmur) protocolou um pedido ao Prefeito José Carlos do Pátio com cópia para a Câmara Municipal referente ao reajuste de 7,08% dado pelo gestor fora da data base. Segundo o presidente do Sispmur, Rubens Paulo, com a decisão da atual gestão os servidores ficaram no prejuízo, já que não receberam a inflação durante três meses.

“Algumas categorias já estão com o salário base abaixo do salário mínimo e ainda vem mais esse prejuízo para os servidores. Para o município esse retroativo pode significar pouco, mas para os servidores que dependem de seus ganhos a quantia vai fazer falta. Por isso que o Sindicato não abre mão do retroativo que é um direito do servidor”, alega.

Leia também:  Órgãos se reúnem para definir estratégias de segurança durante o período da Exposul

Rubens explicou que os servidores querem uma explicação sobre o fato. “O prefeito disse que não poderia dar o retroativo a janeiro porque a receita do município teria sido menor, mas o que sabemos é que isso não é verdade. A prefeitura recebeu verbas extras com o acordo que fez com uma agência bancária sob as contas dos servidores e também conseguiu economizar com o atraso no ano letivo”, diz.

Segundo Rubens entendendo que o município tem condições de arcar com o retroativo da inflação para janeiro, os servidores se sentem no direito de debater o assunto com o prefeito. “O Sindicato solicita ao prefeito uma audiência aberta, inclusive com a presença da imprensa, para que o assunto seja resolvido”, fala.

Leia também:  Fórum Superação traz Ali Baddauhy Júnior para debater com empresários

O presidente do Sispmur explicou que caso haja uma recusa total por parte do gestor em dar o retroativo, a questão será resolvida na justiça. Por ser ano eleitoral, o prefeito José Carlos do Pátio tem apenas até dez de abril para conceder qualquer tipo de reajuste às categorias.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.