Pessoas que participaram do treinamento - Foto: Varlei Cordova / AGORA MT

Criar políticas públicas na área da Defesa Civil para garantir a segurança da população no período das chuvas foi o objetivo do curso básico promovido pela Prefeitura de Rondonópolis. Com o apoio do Governo de Mato Grosso, 80 homens e mulheres da região sul do estado e do município discutiram sobre a história da defesa civil, prevenção de desastres, instalação e funcionamento das coordenadorias locais e relacionamento com a mídia. Na quarta-feira (14), os profissionais receberam das mãos do gestor municipal o certificado de conclusão.

A capacitação contou especialmente com visita as áreas de risco e elaboração de plano de contingência. A proposta é impedir que moradores residam em Áreas de Preservação Permanente – APP e de risco e evitar acidentes. Na solenidade, o Prefeito de Rondonópolis explicou que a atual administração é baseada nas opiniões da Defesa Civil.

Leia também:  Rondonópolis | MPT divulga edital para cadastro de entidades que poderão ser beneficiadas com destinações

Dois residenciais estão em fase de construção para resolver o problema das famílias ribeirinhas, Padre Miguel e Dona Fiúca. Outras melhorias são a colocação de grama nas áreas públicas, para impedir que as pessoas invadam o local e a implantação de três Parques Ambientais. “O conselho da Defesa Civil para mim é uma ordem”, completa o gestor municipal.

Messias Cardoso, coordenador municipal da Defesa Civil, disse que o curso vai ajudar as prefeituras que ainda não tem uma equipe ou pessoa responsável em Defesa Civil, prever antecipadamente casos de desastres. Participaram das aulas práticas e teóricas ministradas por quatro instrutores da Superintendência Estadual da Defesa Civil, parceiros como a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e o Exército.

Leia também:  Taques vem a Rondonópolis amanhã inaugurar reconstrução de asfalto da Rodovia do Peixe

Na opinião da diretora da Cruz Vermelha em Rondonópolis, Jovelina Marques, o treinamento foi essencial. “Nós que já atuamos na área conhecemos as regras e meios de se evitar um desastre. Mas muitos dados novos foram repassados e com certeza, vai ser decisivo no momento de auxiliar os desabrigados”, disse.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.