Já está disponível o vídeo que conta a história de um grupo formado por 23 produtores de sementes que com um projeto desafiador, marcaram a trajetória da agricultura mato-grossense. Foi na esperança de fazer o estado prosperar pelas mãos da agricultura, que criaram a Fundação de Apoio à Pesquisa Agropecuária de Mato Grosso, Fundação MT.

O vídeo de oito minutos foi produzido em comemoração aos 18 anos de criação da instituição e tem o objetivo de apresentar a amplitude do trabalho da Fundação MT que desde seu nascimento tem a missão de melhorar a vida das pessoas através de tecnologias agrícolas aplicadas à agricultura. O pequeno filme traz atuação de atores parecidos com os idealizadores da Fundação MT, fotos antigas e recentes de eventos, de lavouras, de campo, de pesquisa e outras.  Um jingle criado exclusivamente para a obra embala a narração.

Leia também:  Dia D da vacinação antirrábica acontece neste sábado

O enredo do documentário traça a linha evolutiva das conquistas da empresa revelando desde os primeiros desafios enfrentados pelo pequeno grupo de produtores até a transformação em uma instituição líder em pesquisa de agricultura tropical e reconhecida mundialmente como centro de referência na criação e desenvolvimento tecnológico para a agricultura.

A Fundação MT tem os maiores programas de melhoramento genético de soja e algodão privados do Brasil. Além destas pesquisas, são desenvolvidos trabalhos nas áreas de manejo de solos e adubação, pragas, doenças, sistemas de produção, proteção de plantas e projetos agrícolas.

No vídeo é relatado como a eficiência na obtenção de resultados permitiu que as informações geradas pelas pesquisas agrícolas desenvolvidas pela equipe de cientistas da Fundação MT chegassem mais rápido aos produtores. Um dos desafios superados mostrados no vídeo foi o lançamento de cultivares resistentes ao cancro da haste e aos nematoides de cisto, doenças que consumiam lavouras de soja na região Centro-Oeste na época.

Leia também:  BoaVista SCPC alerta para os riscos da venda à crédito

Na narrativa é mostrado o importante papel da Fundação MT  para o sucesso da expansão da agricultura mato-grossense. Ela contribuiu para transformação de terras consideradas inadequadas para o plantio em áreas agricultáveis. As pesquisas desenvolvidas pela instituição possibilitou a criação de cultivares adaptadas às condições dos Cerrados. De lá pra cá, a Fundação MT tem conseguido colocar no mercado cultivares resistentes às doenças, com ótimas produtividades e que suprem as necessidades dos produtores em um curto espaço de tempo.

O aprimoramento em pesquisa trouxe e continua trazendo soluções imediatas ao setor agrícola. Os resultados das pesquisas originadas nos laboratórios e campos experimentais da Fundação MT contribuíram para que Mato Grosso se tornasse líder na produção nacional de soja e destaque no mercado internacional.

Leia também:  Rondonópolis sediará pela 1ª vez a Maratona de Negócios Criativos
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.