Futebol de toque de bola, refinado, ofensivo e vencedor. O Barcelona encanta a todos. Menos o diretor de seleções da CBF, André Sanchez. O dirigente argumenta que o sucesso do Barcelona no futebol mundial deve-se apenas à geração de Xavi, Iniesta e Messi e que a escola Barça é uma grande farsa.

– Isso daí de que o Barcelona tem uma escola de futebol, que todo mundo joga igual, é tudo balela. É fase. O que eles ganhavam cinco, seis anos atrás? Nada. E o que vão ganhar daqui cinco, seis anos? Nada, porque Xavi, Iniesta, Messi e tudo mais vão parar de jogar – disse Sanchez à “TV Gazeta”.

– Eu já fui pra lá e não vi o time de base jogar igual ao profissional. Ainda perderam de 2 a 0 para o sub-17 do Corinthians. A única coisa que eu vi de diferente é que os garotos não têm a obrigação de ganhar – completou o cartola, ex-presidente do Corinthians.

Leia também:  Apresentador passa mal "ao vivo" em Lucas do Rio Verde

O Barcelona vem colecionado conquistas nos últimos anos. Conquistou a Liga dos Campeões em 2005-2006, 2008-2009 e 2010-2011, o Mundial de Clubes em 2009 e 2011, a Supercopa Europeia em 2009 e 2011 e as últimas três edições do Campeonato Espanhol. Este ano, está na semifinal da Liga dos Campeões, na disputa pelo título espanhol – quatro pontos atrás do Real Madrid – e na final da Copa do Rei, na qual encara o Athletic Bilbao na final no dia 25 de maio.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.