Fiel escudeiro do prefeito José Carlos do Pátio (PMDB), o coordenador de Atendimento Social, Celson Antônio de Carvalho (PMDB), teria pedido exoneração do cargo desde o mês passado. Celson era o responsável pela assessoria de comunicação do prefeito, com plenos poderes, através de um decreto de nº 6197, assinado por Pátio.

Celson que não tem sido mais visto nos corredores do Paço Municipal, quando questionado por pessoas próximas, avisa que não trabalha mais na prefeitura.

No final de 2011 o Juiz Luiz Antônio Sari, da primeira cível, chegou a suspender a nomeação de Celson do cargo. A decisão do juiz na época foi baseada na ação civil movida pelo Ministério Público Estadual (MPE), alegando que Celson não gozava de plenos direitos políticos e por isso não poderia ocupar cargo público.

Leia também:  Após 10 anos, Censo Agro inicia no dia (9) a coleta de dados da região

Celson foi o terceiro nome a responder pelo o departamento de Comunicação da prefeitura, o cargo já foi ocupado pelo o publicitário Walmor Miranda e pela jornalista Thâmara Carvalho, ambos permaneceram no cargo por um ano.

A reportagem do AGORA MT tentou manter contato com Celson Carvalho, mas não conseguiu êxito.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.