O lavrador John Lennon de Souza Cunha (22) e o operador de máquinas Douglas Jesus Oliveira (19) foram presos pela Polícia Militar (PM) na madrugada desta quarta-feira (04/04) depois de roubo a casa do comerciante M.A.S. (37) no bairro Jardim Primavera. De acordo com a PM, os suspeitos fugiram com um carro Volkswagen Voyage do comerciante, mas foram pegos pelos policiais do carro da PM Aurora 02 e Força Tática no bairro Olga Maria.

Segundo a PM, depois de receber a denúncia do roubo, o carro da PM Aurora 02, que estava no local avistou o carro e pediu a ajuda de outras viaturas. A equipe da Força Tática encontrou o Volkswagen Voyage na Avenida Bandeirantes e fez acompanhamento.

Leia também:  Após consumir em lanchonete, homem não paga conta, tenta furtar carro e é detido por clientes

O carro bateu em um muro e em uma carreta e os suspeitos saíram do veículo e para fugir começaram a pular muros de residências. A partir de cerco nas proximidades Douglas Jesus Oliveira foi preso por um cabo da PM e John Lennon foi encontrado em uma serralheria, onde consta no Boletim de Ocorrência (BO), que ele tentou esconder um revólver calibre 38 debaixo de uma cadeira.

Os suspeitos foram encaminhados para o Centro Integrado de Segurança e Cidadania (CISC) onde o comerciante M.A.S. reconheceu a dupla John Lennon e Douglas Oliveira como os autores do roubo e também a arma utilizada no assalto.

M.A.S. informou a PM que John Lennon usou de violência contra ele e outras vítimas que estavam na casa. O comerciante afirma que o lavrador o amarrou e o agrediu com coronhadas na cabeça e em seguida os assaltantes pegaram os pertences e fugiram. Foram roubados de M.A.S. uma espingarda de chumbinho, a quantia de R$ 96, dois celulares, uma câmera fotográfica, um aparelho de DVD, um decodificador, um monitor de computador, um teclado, um mouse e uma carteira com documentos pessoais.

Leia também:  Prefeitura já adotou medidas para controle de abastecimento de frotas e fez nova licitação

Segundo a PM durante o registro do BO, um dos suspeitos ameaçou a vítima e disse que “sabe onde ele mora, onde trabalha e que isso não iria ficar de graça”.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.